PENSA JUNTO...

29-06-2020 por Rogener Almeida Santos Costa

É DIGNO ADMITIR QUE ERROU E MAIS DIGNO É AGIR PARA CORRIGIR. 

 

Um dos fatores que indicam nossa saúde mental é nossa flexibilidade cognitiva. Quando uma pessoa acredita que a SUA verdade É definida por seu ÚNICO ângulo de visão, sua personalidade é rígida e corre mais riscos de adoecer psiquicamente.  São pessoas que têm dificuldade de buscar novas alternativas diante de seus erros voluntários ou involuntários.

No entanto, “errar é humano” e muitas  vezes as circunstâncias nos provocam interpretações equivocadas e isso não nos torna doentes, menos inteligente ou até menos éticos. Nossa consciência nos informa a partir do que somos capazes de apreender no momento da decisão e aí  tomamos importantes decisões a partir do que entendemos como o correto naquele contexto. Muitas vezes fomos movidos pelo rancor, ou fomos  apressados e não fomos capazes de ver o que “estava obvio”, mas,  não pra nós.

Errar, ser parcial, agir por impulso, agir por ódio são estratégias humanas comuns que se tornam graves erros e podem se tornam posições anti-éticas e profundamente corruptas,  quando descobrimos  a verdade e não assumimos a responsabilidade de admitir o erro e escolher uma outra posição.

 

Rever posturas, redirecionar percursos, dizer simplesmente - eu errei e posso, AGORA, fazer diferente, é sinal de uma personalidade autêntica e saudável, onde a liberdade de ser se manifesta, permitindo um posicionamento moral que revela uma PESSOA DIGNA  comprometida com sua evolução e sua SALVAÇÃO.

Image by Paola Aguilar

Autora

Rogener Almeida
Psicóloga
Analista Existencial
Logoterapeuta
Doutoranda Psicologia Social

Assuntos

Blog - Logoterapia